setembro 10, 2010

Hora Poesia(até porque ninguém é de ferro...)

IMPERFEITA

Exponho sentimentos
em pedaços de papel
com palavras
marcadas com emoção
batizando os meus apelos,
de inspiração..

Sou imperfeita sim!
possuidora de tantos defeitos,
Pensamentos turvos
dúvidas cruéis...
Minh'alma sofre,
envolta em tantos efeitos...


Mas,tenho o amor,
dentro de mim,
Esse sentimento perfeito,
salvador!
tão puro,
que me revigora,
a cada segundo,
(vida pulsando)
acelerando meu peito...

Mas, não tem jeito...
continuarei escrevendo
a minha alma
em algum pedaço de papel..
Me purificar,
Quem sabe,um dia,
serum anjo?
mas sou tão imperfeita,
lembra-se?
Não alcanço o céu!

BettynhaSá

Meu Lado B concorrendo

linkwithin

Related Posts with Thumbnails